Pular para o conteúdo principal

Destaques

BOLO DE CENOURA FORMIGUEIRO (SEM GLÚTEN)

Se tem uma versão de bolo que sempre me lembra "casa de vó", é o bolo formigueiro. Um bolinho simples que nunca decepciona.  Há algum tempo estava querendo fazer esta receita que vi no Instagram da @viversemtrigo e adorei o resultado. Fiz algumas adaptações na receita original para o que eu tinha em casa e deu super certo: aumentei a quantidade de cenoura para ficar mais coradinho, troquei o óleo de coco por outro óleo vegetal, e troquei a fécula de batata por mandioca.  É um bolo super fofinho e saboroso. Tenho certeza que será sucesso por aí também. Ingredientes  4 ovos  1 e 1/2 xícara de açúcar demerara  3/4 xícara de óleo (usei de milho) 2 cenouras médias descascadas e fatiadas (aproximadamente 220g) 1/2 xícara de água 1 xícara de farinha de arroz 1/2 xícara de fécula de mandioca  1/2 xícara de polvilho doce 1/2 colher (chá) de goma xantana 1 colher (sopa) fermento em pó  1 xícara de chocolate granulado No liquidificador bata os ovos, o açúcar, a água, as cenouras e o ól

A cozinheira









Sempre gostei de me aventurar na cozinha. Quando criança meus brinquedos preferidos eram uma batedeira que funcionava de verdade e uma cozinha vermelha toda fofa.

Comidinha de mentirinha? Claro que rolava! Eu improvisava com tudo o que estivesse à mão, inclusive terra. O Chantilly era feito de espuma de sabão e a canela era um punhadinho de terra. Sou grata ao meu irmão caçula que sempre foi minha cobaia e fã número um. Comia, pagava e dizia que gostava.

O tempo passou e eu ganhei uma cozinha de verdade. Sempre fui mais chegada nas sobremesas mas amo fazer qualquer tipo de prato. Por aqui você não encontrará carne de porco e nem frutos do mar, pois sou alérgica. Ninguém é perfeito!

Hoje meu Chantilly já não é mais de espuma de sabão e não preciso ameaçar ninguém com a frase "se você não comer vou contar tudo pra mãezinha".

O "Fica, vai ter sobremesa!" nasceu com o intuito de compartilhar as minhas experiências na cozinha, as coisas que aprendo pela vida e o que me faz feliz.

Minha cozinha é meu parque de diversões, meu paraíso e minha sala de terapia. Entrem, fiquem à vontade, e façam sempre da cozinha uma diversão.

Bora pra cozinha!









Comentários

Postagens mais visitadas