dezembro 18, 2011

Cuscuz paulista e uma ceia especial

Ho-ho-ho, o post hoje é especial de natal! E desta vez a comilança não ficou só por minha conta, tive o prazer de organizar esta ceia de natal para vocês com a ajuda de grandes amigos. Nosso menu foi feito com muito carinho e espero que gostem. 



Nossa ceia especial de natal tem: salpicão de legumes, cuscuz paulista, torta de tomate uva com cebola caramelada, tender ao molho estrelado, balotinne de frango e chutney de manga, panetone de camarão, panforte di Siena, mousse de chocolate branco e preto e terrine de frutas. E claro, não pode faltar um arroz incrementado que você pode inventar com o que tiver em mãos. Pode ser arroz com milho verde, com passas ou com amêndoas. Também não podem faltar as tradicionais frutas da época para decorar a mesa e saladas variadas. No final deste post vocês encontrarão os links para as receitas de todas estas delícias.


Eu fiquei responsável pelo cuscuz paulista. Este é um prato que nunca faltou no natal lá de casa e esta receita eu roubei da minha mãe.

Quando eu era criança esperava o ano todo para comer cuscuz pois a minha mãe se recusava a fazer em outra data, é mole? Por este motivo eu vivo fazendo cuscuz aqui em casa, acho que é para tirar o atraso. Sempre faço de sardinha, mas caso queira mudar, é possível fazer com atum, frango, camarão, ou até mesmo só com legumes para atender ao gosto dos vegetarianos. Para mim, cuscuz tem cara de natal :)

Ingredientes:

½ pacote de farinha de milho amarela (aquela em flocos)
2 tomates picados e mais algumas rodelas para decorar
1 lata de ervilha
2 ovos cozidos em pedaços (guarde umas fatias para decorar)
1 vidro de palmito cortado em rodelas
2 latas de sardinha picadas (reserve 1/2 xícara (chá) do óleo)
1 tablete de caldo de carne dissolvido em 500 ml de água fervente
½ cebola grande ralada
6 azeitonas grandes picadinhas

Refogue a cebola no óleo da sardinha reservado (este óleo dará um sabor especial ao cuscuz). Caso substitua a sardinha por outro ingrediente, use o óleo comum. Acrescente os tomates picados e deixe refogar por alguns minutinhos. Junte o caldo de carne dissolvido e cozinhe por 7 minutos. Junte os outros ingredientes, menos as sardinhas e a farinha e deixe cozinhar por mais 10 minutos. Sempre deixo a sardinha por último para que ela não desmanche muito. 

Na última etapa adicione as sardinhas, mexa e acerte o sal se necessário. Comece a adicionar a farinha de milho aos poucos, mexendo sempre,  até dar o ponto. Quando acrescentar a farinha você precisará de uma colher dura para mexer, eu sempre uso uma colher de pau. Não é preciso cozinhar muito pois esta farinha já é pré-cozida, é só mexer até a farinha incorporar bem. 

Unte uma forma com buraco no meio e disponha as rodelas de tomate e ovo que ficaram separadas para a decoração. Vá colocando o cuscuz na forma e alise a superfície com uma colher. Deixe o cuscuz descansar e firmar bem antes de desenformar. 

Clique nos links abaixo para ver as outras delícias desta nossa ceia especial de natal:

Tulio Sousa - Macho Gourmet: Tender ao molho estrelado
Sara Graciano - Cozinha em Cena: Salpicão de legumes
Tereza Maranhão - Cozinha Perfumada: Mousse de dois chocolates
Carla Maicá - Cucina Artusiana: Panforte di Siena
Ricardo Nominando - Fette di Amore: Balotinne de frango e chutney de manga
Priscila Darre - Culinaristico: Torta de tomate uva com cebola caramelada
Ana Gomes - Panela da Don'Anna: Panetone de camarão

Outra ótima opção para sobremesa é a terrine de frutas que já postei aqui no blog: receita

Um feliz natal a todos. Bora pra cozinha!

7 comentários:

  1. Cada região com sua tradição...aqui nas MGs não temos cuscuz, uma pena, porque é bem gostoso né?

    Delicia que ficou!

    ResponderExcluir
  2. Renata, apesar de aqui no nordeste ter cuscuz, é uma coisa à qual nunca fui muito chegado. Pelo menos não ele puro. Assim, como a Mirella fez... a história é outra. :)

    Mirella, tá com uma cara muito boa. :) Por essas e outras que ainda acho que todos nós deveríamos ser vizinhos. hehehe

    ResponderExcluir
  3. Tulio, pois eu adoro o cuscuz baiano também!! Faço pro café da manhã bem quentinho com manteiga e queijo, hummmm

    ResponderExcluir
  4. Milla, que delicia esse cuscuz!!! Como Tulio falou, ele é diferente do nosso nordestino, mas este seu ficou lindo e maravilhoso!! Queria muito uma ceia nossa real! :) Beijos Tê

    ResponderExcluir
  5. Eu acho que nem preciso expressar o meu amor pela sua receita da nossa ceia, ne? É um amor muito grande que nutro pelo Cuscuz e o seu me parece divino!
    Bjs

    ResponderExcluir
  6. JaFuiGaToHjTo¹KaKo23 de maio de 2012 11:18

    Fiz e ficou um delicia, segui ao pé da letra a receita

    ResponderExcluir

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...