Pular para o conteúdo principal

Destaques

BOLO DE CENOURA FORMIGUEIRO (SEM GLÚTEN)

Se tem uma versão de bolo que sempre me lembra "casa de vó", é o bolo formigueiro. Um bolinho simples que nunca decepciona.  Há algum tempo estava querendo fazer esta receita que vi no Instagram da @viversemtrigo e adorei o resultado. Fiz algumas adaptações na receita original para o que eu tinha em casa e deu super certo: aumentei a quantidade de cenoura para ficar mais coradinho, troquei o óleo de coco por outro óleo vegetal, e troquei a fécula de batata por mandioca.  É um bolo super fofinho e saboroso. Tenho certeza que será sucesso por aí também. Ingredientes  4 ovos  1 e 1/2 xícara de açúcar demerara  3/4 xícara de óleo (usei de milho) 2 cenouras médias descascadas e fatiadas (aproximadamente 220g) 1/2 xícara de água 1 xícara de farinha de arroz 1/2 xícara de fécula de mandioca  1/2 xícara de polvilho doce 1/2 colher (chá) de goma xantana 1 colher (sopa) fermento em pó  1 xícara de chocolate granulado No liquidificador bata os ovos, o açúcar, a água, as cenouras e o ól

Congelar vinho

Quem nunca deixou aquele restinho de vinho que sobrou na garrafa ficar rolando na geladeira por dias? E quando se deu conta, teve que jogar fora porque não estava mais bom para beber. Ok, você pode ser da turma que vai dizer: mas eu nunca deixo sobrar, bebo tudinho. Mas temos os mais controlados, que bebem só uma taça aqui e outra ali. 

Depois de aberto, o vinho bem fechado, até pode ser bebido no dia seguinte. Mas ele deve ser guardado na geladeira e deve descansar em temperatura ambiente antes de ser bebido novamente. Agora, se passar muito tempo na geladeira depois de aberto, esqueça. Fica horroroso. O que fazer então com aquele vinho que sobrou e você não vai beber a tempo? Congele! Ele ainda pode ser muito útil na sua cozinha.




Se não quiser congelar, use em alguma receita. Mas se estiver sem tempo e quiser usar posteriormente, recorra ao congelamento. É só colocar em badejas de cubo de gelo e depois pode até passar para saquinhos próprios para freezer. Quando for usar, deixe descongelando em um copo ou jogue diretamente na panela. 

Sem contar que com esta técnica, você não precisa abrir uma garrafa só porque vai fazer uma carne ou alguma outra receita que use vinho. Você sempre terá sua porção de vinho congelado destinado à culinária.

Quer opções de receitas para usar seu restinho de vinho? Eu fiz uma seleção com receitas aqui do blog e de outros blogs que adoro:




Ragu de carne
Molho bolonhesa vegetariano
Sopa creme de cebola
Risoto de bacalhau com leite de coco
Culinarístico - Risoto de alho poró
Cozinha em Cena - Risotto ao curry
Cozinha em Cena - Entrecot ao funghi com batatas
Cozinha Perfumada - Torta de maçãs
Cozinha Perfumada - Massa com salmão
Cozinha Perfumada - Lasanha com tomate e manjericão


Bora pra cozinha!

Comentários

  1. Genial!
    Sabe aquele pergunta "Por que nunca pensei nisso antes?" Então....
    Bjos
    Tania

    ResponderExcluir
  2. Mirella, eu adorei a dica! Eu e o marido gostamos muito de vinho, muito mesmo, bebemos quase todos os fins de semana, mas mesmo gostando muito, não tem jeito, fica sim um pouquinho uma vez ou outra e acaba indo pro ralo da pia (agora não vai mais hahahahahaaaa). Adorei a dica!

    Bjuuuuu!!!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ana Paula, comigo também aconteceu várias vezes de ter que jogar o restinho que ficou rolando na geladeira direto no ralo da pia. Um desperdício! Depois que descobri sobre o congelamento do vinho, nunca mais sobrou vinho por aqui :)

      Excluir

Postar um comentário

Postagens mais visitadas